Berçário

Para acolhermos as famílias e as crianças num momento muito delicado, que é o final da licença maternidade, ou a retomada das atividades, propomos uma adaptação gradativa que varia de 7 a 15 dias. Acreditamos que este período é de suma importância, pois é nele que podemos conhecer melhor as particularidades e as necessidades da criança e da família, estreitar os vínculos afetivos com as “prôs” e assim gradativamente inseri-los no ambiente escolar.

Assim quando efetivamente a mamãe voltar ao trabalho se sentirá segura de que o seu filho(a) está sendo muito bem assistido. Contamos com profissionais calmos e experientes, espaço amplo, aconchegante e seguro, no qual foi planejado para propiciar uma estimulação constante e adequada com o objetivo de atender o desenvolvimento de cada faixa etária, ou seja, sentar, engatinhar, andar, conhecer o seu próprio corpo, entre muitas atividades que devem ser incentivadas.

Realizamos outras vivências tais como: saborear e experimentar novas texturas, descobrir diferentes sensações através da exploração de diversos materiais: tintas, melecas, areia, tecidos, água e diferentes objetos como caixas e brinquedos.

Como um diferencial dentro da nossa proposta pedagógica utilizamos a Música e a Contação de Histórias para enriquecer e diversificar as estratégias e conteúdos desenvolvidos com esta faixa etária. Estas atividades são desenvolvidas e realizadas pela Contadora de Histórias Jô Jorvino.

Uma preocupação constante das famílias é com relação a alimentação, e para tranquilizá-las, contamos com a ajuda de uma nutricionista que desenvolve os cardápios adequados à cada faixa etária.

Mensalmente recebemos a visita de outra especialista, a odontopediatra, que realiza um trabalho preventivo. Além de orientar a higiene correta desde a erupção do primeiro dentinho, acompanha-se também o desenvolvimento geral das funções bucais do bebê, tais como tônus muscular, deglutição e o início do processo de aquisição de fala (que pode estar alterados, entre outros pelo uso incorreto da chupeta ou do hábito de chupar o dedo), afecções comuns da primeira infância (estomatites, candidose, herpes) e o correto manejo, quando houver casos, inclusive para a prevenção de surto na escola, entre outros.

Em caso de necessidade, os pais e a escola são prontamente orientados. E a dentista mantem-se à disposição continuamente para sanar quaisquer dúvidas que venham a ocorrer a qualquer tempo.

Como ferramenta de comunicação diária utilizamos uma agenda que nos ajuda a ajustar a rotina e faz com que as famílias compartilhem do dia a dia das crianças.

Nosso compromisso é proporcionar um ambiente saudável, rico em interações e aprendizagem, que garanta o bem estar físico e emocional dos nossos bebês.